29/09/2017 9h35 - Atualizado em 29/09/2017 9h35

Setembro Amarelo: o importante é falar!




O Setembro Amarelo é uma campanha que acontece desde 2014, em todo nosso país, tendo por objetivo a conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio.

As estatísticas são assustadoras: 32 brasileiros morrem por dia vítimas do suicídio. Em uma sala de 30 pessoas, pelo menos 05 delas, já pensaram em suicídio. Falar abertamente sobre este tema é o que pode modificar esta realidade, já que segundo os dados do CVV – Centro de Valorização da Vida, cerca de 90% dos suicídios podem ser prevenidos.

O suicídio é gesto autodestruição, de um desejo de dar fim a própria vida. É uma escolha que tem graves implicações sociais, sendo um problema que atinge pessoas de todas as idades, de todas as classes sociais. A cada 40 segundos uma pessoa tira sua própria vida no mundo, o que totaliza quase um milhão de pessoas em um ano. A estimativa das tentativas de suicídio somam 10 a 20 milhões em um ano. Cada suicídio atinge diretamente de 06 a 10 outras pessoas, que sofrem com as graves consequências deste ato.

Os motivos que levam a alguém atentar contra sua própria vida são vários e, geralmente, não é único, sendo um conjunto de situações que levam a pessoa à necessidade de aliviar as pressões externas, como culpa, remorso, cobranças da sociedade, depressão, ansiedade, medo, humilhação, fracasso, dentre outras.

Um dado importante é de quem tenta o suicídio, pede ajuda. O suicídio resulta de uma crise de menor ou maior duração, variando para cada indivíduo. Os especialistas em saúde mental podem identificar sintomas de transtorno mental na maioria dos casos, sendo estes sintomas leves, moderados ou severos. Os principais transtornos mentais que podem levar o indivíduo a tirar sua vida são a depressão, dependência química, esquizofrenia.

O lema da campanha é “Falar é a Melhor Solução”, e isso é a melhor saída. Ao receber ajuda preventiva ou ofertas de socorro durante uma crise às situações podem ser revertidas quando se coloca pra fora os sentimentos, ideias e valores, modificando o seu estado interior. Este apoio pode vir de um profissional, de um familiar, um amigo, ou até de um desconhecido. O importante é falar.

Pensando nisso, no dia 21 de setembro, no Centro de Cultura e Eventos, aconteceu um lindo encontro com a Professora Patrícia Haunss e sua Palestra Motivacional e Musicoterapia, que encantou e emocionou os presentes. A iniciativa da Administração Municipal por meio da Secretaria de Saúde busca enfatizar a importância de falarmos sobre este assunto, que infelizmente está presente em nosso meio.

Para encerrar a palestra, os participantes puderam ter um pocket-show dos casais dançarinos do evento Danzpare Brasil, que se realizou no município no mesmo dia.

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!

Setembro Amarelo: o importante é falar!



Enviar por e-mail Imprimir